sábado, 31 de dezembro de 2011

"Retrospectiva 2011..."

"Mais uma vez chegamos ao 31 de Dezembro, último dia do ano, talvez a última virada de ano das nossas vidas, mais enquanto não descobrimos se as profecias se concretizam vamos recordar e fazer um balanço de 2011..

Bom esse foi meu último ano na faculdade cursando Gestão em Marketing, graças ao bom DEUS consegui me formar, além de só receber o diploma conquistei mais do que grandes amigos, foi um grande prazer passar 2 anos e meio com essa galera, e só tenho a agradecer meus parceiros e principalmente ao Professor Anderson Del Bell pelo apoio e por não desanimar quando o barco tava quase afundando.

Também esse ano dei uma grande mudada na minha vida, eu tinha um emprego estável, tava sussegado, mais ás vezes DEUS tém um propósito maior pra gente e não podemos fugir ou tentar escapar desse prepósito, DEUS me concedeu uma oportunidade que aguarrei com unhas e dentes, mudei de emprego e recomecei do zero minha vida. Confesso que as vezes me arrependo de ter feito essa escolha, mais se hoje eu tenho uma vida mais confortável foi graças a essa oportunidade que DEUS me concedeu.

Outra grande coisa que me aconteceu esse ano foi poder realmente descobrir a definição da palavra AMIZADE,  muitas das vezes você pensa que só porque a pessoa é íntima sua ela é de fato sua amiga mais não é bem assim que acontece, amizade é mais além que isso, me sinto confortável em dizer que me decepcionei de mais com algumas pessoas esse ano, eu julgava muita a amizade de determinadas pessoas, mais hoje desconheço muito essas pessoas pelas atitudes medonhas que andam tendo, e também errei quando julguei determinadas amizades de modo equivocado e hoje vejo que essas pessoas merecem meu respeito e merecem meu carinho também.

Cito aqui que a grande obra de DEUS esse ano foi me ter colocado no Grupo de Jovens da Comunidade Santa Rita de Cássia, lá além de fazer amizades verdadeiras, pude enfim despertar e reestabelecer sentimentos que uma vez eu perdi ao  longo da minha vida, fico muito feliz de poder ter plantado essa semente e hoje também estar semeando com o Fábinho e com o Caião, só desejo que DEUS nos conceda muita sabedoria, muita paz e nos fortaleça pra essa nova jornada que vai começar. DEUS tô preparado e aceito seus propósitos  na minha vida.

Pra terminar com certo assunto e enterrar ele de vez em 2011 vou falar de um assunto como nunca falei antes,  esse ano namorei uma pessoa,  eu já convivia com ela no tempo de escola e depois de algum tempo tivemos a chance de reestabelecer o contato que tinhamos e ao longo dessas conversas começou a rolar aquele interesse até que saimos pela primeira vez, depois disso fomos saindo e saindo até que começamos a namorar, mais infelizmente a gente  tem que aprender perdendo pra valorizar, sou muito fiel aos meus sentimentos e muito fiel á uma decisão, como muitos me conhecem sou uma pessoa que quando firmo determinado compromisso eu honro minhas palavras, enfim, esse namoro não deu certo pois eu não estava 100% focado nessa relação, eu não estava com a cabeça preparada pra assumir esse compromisso e também eu não gostava dessa pessoa do modo que deveria gostar, e o que pesou preu desmanchar esse rolo foi o AMOR que eu sustentava e inda sustento por outra pessoas, muitos me tacharam de louco, de bobo, mais felizmente sou uma pessoa que sou movido por energias verdadeiras e que faço o que tenho vontade de fazer. Terminei esse namoro porque isso era uma grande ENGANAÇÃO pra mim, só comecei a ficar com essa garota pra esquecer o que eu sentia por outra, mais infelizmente não deu certo, ao passar dos dias tudo ficava  pior, me sentia sem rumo, e me sentia muito mal por ver uma pessoa querendo se entregar de alma e espirito pra mim e eu não conseguir retribuir isso. Enfim aprendi muito com essa relação e amadureci demais, hoje julgo compromisso, namoro e qualquer outra coisa que envolva relações entre duas pessoas com maior maturidade, admiro pessoas que mantém uma única relação por um longo periodo de tempo, inda DEUS me concederá essa dádiva.  ((Desse assunto e dessa pessoa não falo mais, é um passado que eu manterei enterrado pois fui um tremendo covarde em tudo o que fiz com essa pessoa))

Enfim espero que 2012 não acabe em 21/12/2012, mais se acabar também vai ser feito a vontade do divino, e que ano que vem eu possa dar valor á pessoas verdadeiras, que eu possa me dedicar mais ao meu serviço e render mais do que rendo hoje, que eu possa me dedicar ao máximo á faculdade de Públicidade e Propaganda, que eu possa ver mais shows espetáculares como o do Rosa de Saron em Conchal e do Detonautas no Rock in Rio, e que tudo possa correr da melhor maneira possivel.

Que SÃO JORGE me proteja com seu escudo e me blinde principalmente dos meus inimigos, das pessoas que querem me destruir de qualquer jeito, e que afaste todo o mal, tudo o que não for de bom pra mim, em ti eu creio e em ti confio SANTO GUERREIRO.

Que a Mãe Rainha nos coloque seu manto e guie nosso caminho e ilumine muito nossa cabeça, pra podermos proclamar sabedoria e proclamar palavras sábias e principalmente ter atitudes corretas.

Feliz Ano Novo pra todo mundo, PAZ, SORTE, SAÚDE, SABEDORIA, FORÇA, PERSEVERANÇA, EQUILÍBRIO, HOSNETIDADE, que todos seus sonhos possam se tornar reais...."

sábado, 24 de dezembro de 2011

"E mais um Natal."

"De imediato já vamos resalvar que o Nascimento de Jesus é a coisa mais importante da data, assim já não abordaremos essa temática.

Quando se era criança o Natal era mágico, encantavamo-nos com Papais Noéis, luzes brilhantes piscando por todos os cantos, decorações tipicas, tudo transmitia uma mágia e nos levava ao encanto. Que saudades tenho desses tempos, tempos sem pressão, tempos em que tudo era lindo, perfeito, maquiado.

Sempre a época mais esperada depois do aniversário que você ganhava seu presente era o Natal, pois você ganharia mais presentes, não só dos seus pais, mais sim dos seus avós, dos seus padrinhos, contavamo-nos os meses com tanta pressa, além dos presentes, minha familia sempre tem o costume de se reunir no dia 25, então a Ceia é farta, enquanto os velhos botavam o assunto em dia, eu e meus primos ficavamos comparando os presentes e vendo qual presente era o melhor, pura inocência infantil.

Me recordo de um Natal que passei na casa de um amigo que era vizinho de um antigo lugar que morava, a  gente sempre ia pra escola juntos, sempre brincavamos de pique esconde, futebol na rua juntos, eramos como irmãos, até brigavamos as vezes por causa da rivalidade entre Corinthians e Palmeiras. Mais esse Natal foi meio que divertido e estranho, tinhamos em torna de 9 á 10 anos de idade, eu estava na casa dele,  esperando ele se arrumar pra celebramos a Ceia, quando em um stalo de tempo, ouvimos alguém gritando:

- Ho ! Ho ! Ho ! Ho ! Feliz Natal crianças.

Na nossa inocência saimos gritando, Caraca era Papai Noel, que droga, porque não vimos ele, queria ter visto ele, será que ele volta, vamos na rua correr e ver se inda conseguimos ver ele. Saimos disparados pela rua e começamos a olhar ao céu na esperança de enfim ver o trenó do Papai Noel. Abrimos nossos presentes e meu amigo tinha ganhado um uniforme que ele tanto queria do Palmeiras, e eu tinha ganhado uns Megazords do Power Rangers que eu tanto gostava, me recordo que era fanático por esses bonequinhos.

Ficamos felizes demais, e nos  indagamos: Como será que o Papai Noel sabia que era isso mesmo que a gente queria !? Mais enfim nessa época inda nossa inocência era pura, foi o último natal que ainda acreditava em Papai Noel.

Perdida a inocência veio a fase de pré e pós adolescência e a data foi perdendo a importância, hoje tudo é gerido pelo business, não que nunca fosse antigamente, mais hoje essa mágica não existe mais, não vejo mais graça no fator apelativo do comércio, não vejo mais graças nos enfeites, nas luzes, essa mágica enfim acabou,  hoje enxergo meio que com uma melancolia essa data.

Antigamente me recordo dos comerciais da Coca Cola com aqueles ursos polares, transmitia uma enorme vontade de tomar Coca Cola e tudo parecia tão perfeito, hoje o valor apelativo e a mágica não contrastam mais. Creio que essa mudança se deve á perda da Inocência e o ganho de Consciência, quando você julga tais valores as mudanças pelas quais passamos e enxergamos são enormes.

Sim, já passei Natais piores que esse, mais enfim cada um celebra do jeito que quer, faz o que quer, pensa do modo que achar melhor, pois é isso que chamamos de livre arbitrio."

Feliz Natal a todos...

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

"Tempo."

"Quanta coisa pode acontecer em Um Mês ou relativos 30 dias, 4 Semanas, cada um define melhor o que Um Mês significa pra si. Mais o que há de tão importante em um mês. Os Dias...

Os Dias cada qual parece ser igual, quem já não acordou, vivenciou uma situação e logo pensou, EU JÁ VIVI ISSO, sim nosso subconsciente vai tomando conta e logo associa determinadas ações, esse subconsciente associa o REAL do IMAGINÁRIO, isso nada mais é que o EFEITO DO TEMPO, esse tempo vai mexendo com nossa cabeça.

O TEMPO, nada mais é que todas as passagens que vivemos, pode ser uma volta de 60 minutos do ponteiro de um relógio, pode ser determinado espaço entre ações, pode ser um alivio imediato ou a maior tortura que vivemos. Seria O TEMPO um dos fatores mais importantes ?

O TEMPO é relativo ao que queremos e associado ao que vivemos, presenciemos sempre as mesmas coisas, quando estamos vivendo uma situação á qual queremos viver o tempo logo passa rápido e na maioria das vezes esse momento perpétua por nossa cabeça, quando estamos vivendo uma situação ruim o tempo sempre nos tortura, mais é essa tortura que nos fortalece, o fator tempo nada mais é, uma barreira á qual criamos, aquele bicho de 7 cabeças, se vivemos coisas boas o tempo é pouco, se vivemos situações ruins o tempo é exagerado, mais não é culpa do Tempo e sim é nosso Subconsciente que faz com que associemos isso.

Notei alguém me dizendo que o Tempo nada mais é que dois ponteirinhos marcando númerozinhos e que a sociedade se apega a isso. Não discordo de tal afirmação, mais creio que a Sociedade se apega muito a essa questão te Tempo e dá a ele uma responsabilidade que há qual não devia. O Tempo leva muita culpa por muita coisa que não fez. Seria então o Tempo um Verbo, pelo qual julguemos suas ações ?

A lógica do Tempo deve ser as situações á quais vivemos e citei acima, nós Ser Humano em geral, sempre tentamos maquiar nossa realidade, muitas das vezes sabemos o que é bom e não aceitamos viver isso por alguma coisa que nos impede, e quando estamos passando por um momento ruim e que sabemos quais consequências levarão, tentamos subornar a realidade e inventar artifícios pra que tudo dê certo.

Porque sempre dizer: - O Tempo vai resolver ! Você não tem a capacidade de resolver ?
Porque afirmar: - O Tempo vai curar às cicatrizes ! Você não tem o poder de cura-las?

O tempo sempre tem seu dono, mais seu dono nunca é dono da razão verdadeira, porque sempre arrumará algum artificio pra culpar, julgar, fingir ou fugir de determinada situação e no final sempre sobra  pro Tempo.

Afinal porque o Tempo é sempre o Senhor de Tudo ? Ele não poderia ser apenas dois ponteiros que dão voltas de 180º !?

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

"Liberte-se..."

Enterre esse sentimento
Tente sobreviver sem ele
Enterre tudo aquilo que te faz mal
Tente pensar em coisas boas

Enterre angústias, ansiedade, expectativas
Tente semear paciência e consciência
Enterre suas mágoas
Tente encontrar o equilibrio entre a razão e o coração

Enterre o relógio e a pressa
Tente esperar que o tempo resolva tudo
Enterre o medo de viver
Tente semear a coragem pra enfrentar tudo

Enfim, enterre tudo aquilo que você deseja e não tem coragem de enterrar, se tentar persistir com tudo isso a dor vai ser maior, não fique carregando essa dor onde quer que você vá, sorria e olhe pra frente, esse é o melhor remédio pra curar qualquer dor, qualquer mágoa ou qualquer coisa que não te deixa bem.

Viva cada momento e não fique esperando o amanhã, aproveite hoje !

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

"Metal contra as nuvens..."

"Tô vivendo uma fase de inconstância, principalmente algo relacionado com meus sentimentos, com minha forma de pensar, de agir e de tratar as pessoas. No post abaixo relatei sobre viver e fazer acontecer uma mudança, mais de fato essa mudança é dificil de acontecer, muitos são os obstáculos que se encontram no caminho e que fazem a gente se desequilibrar e viver em uma corda geralmente muito bamba.

Mais meu problema de viver tudo isso é relacionado principalmente com o modo de não saber lidar com a rejeição do que sinto para com uma outra pessoa. Minha alternancia é devido a não suportar o sentimento que carrego, a não conseguir suportar que não dá mais pra viver sem ela.

E tudo isso é devido a minha personalidade, sou um cara que não desiste na primeira dificuldade, não consigo começar algo e deixar inacabado, não consigo ser fraco ou demonstrar qualquer tipo de abalo, quando me entrego eu entrego e luto pelo que eu quero até as últimas consequências, é raro ás pessoas me verem triste ou com a expressão fechada, não consigo maquiar e manipular meus sentimentos. Fato é que eu tinha um relacionamento com uma pessoa que era estável e larguei-a pra correr atrás do que julgo ser meu verdadeiro amor, como disse não consigo viver uma coisa que eu não quero.

Talvez essa seja a fase que eu esteja mais perdido e cego, não sei se de fato ainda vale eu sustentar 1% do que sinto por essa pessoa, é minha perseverança que inda me faz persistir com isso, ainda tenho fé e invoco meus santos pra que me mandem respostas pra saber se vale a pena ou não, me apego a Deus pra continuar sustentando esse sentimento, sempre crendo que ele fará o melhor.

Começo a crer que o mundo, os fatos e o universo conspiram contra pessoas que querem viver feliz, é pecado amar uma pessoa do jeito que amo e viver correndo atrás, o pecado deve ser essa pessoa não enxergar quem realmente gosta dela e acima de tudo não conceder uma minima chance. O pecado deve ser pessoas que lutam demais e tem sentimentos verdadeiros perderem no final pra um qualquer que chegou desapercido. Porque o mundo é complicado á esse ponto ?

Ainda o que me restou é crer em DEUS, porque no mundo que vivo, nos meus sentimentos e em muitas pessoas eu não consigo mais crer e respeitar..." 

Reconheço meu pesar
Quando tudo é traição,
O que venho encontrar
É a virtude em outras mãos...